PÁGINA INICIALSOBRE MIMO QUE É?DIÁRIONOTÍCIAS GEEK NA MODAHISTÓRIAS

26 de abril de 2016

Resenha: Incendeia-me - Tahereh Mafi

26 de abril de 2016 ///


"Um dia eu posso romper. Um dia eu posso romper e me libertar e nada mais vai ser igual.
O destino do Ponto Ômega é desconhecido. Todas as pessoas com quem Juliette se importa podem estar mortas. Talvez a guerra tenha chegado ao fim antes mesmo de ter começado.
Juliette foi a única que restou no caminho d'O Restabelecimento. E sabe que, se ela sobreviver, O Restabelecimento não sobreviverá.
Entretanto, para destruir O Restabelecimento e o homem que quase a matou, Juliette vai precisar da ajuda de alguém em quem nunca pensou que pudesse confiar: Warner. Enquanto eles lutam juntos para combater o inimigo, Juliette descobre que tudo que ela pensava saber sobre seu poder, sobre Warner e até mesmo Adam era uma mentira."



Série Estilhaça-me ||  384 páginas || Novo Conceito || 2014

Olá queridos, estão bem? Eu espero que estejam... Essa semana trago para vocês o último livro da série Estilhaça-me. Para mim, este é o melhor livro da série toda, pois a autora conseguiu melhorar a personagem de forma surpreendentemente agradável, além de realizar alterações em relação ao casal principal. Eu realmente não sei se as mudanças foram todas planejadas anteriormente pela autora ou se ela foi moldando as história com o passar do tempo, mas independente de qual tenha sido, aprovo hahahaha.

Quando eu terminei de ler o livro anterior, fiquei em choque com os acontecimentos catastróficos e estava louca para ler este. Fiquei muito feliz com o rumo que a história tomou. O crescimento da personagem é evidente e, mesmo que medidas drásticas tenham sido necessárias para que isso acontecesse, no final eu queria ser a Juliette com seu poder incrível e seu boy magya maravilhoso s2.

Além das mudanças na personagem principal, a autora mudou bastante a personalidade Adam também e, tudo o que eu me apaixonei nos primeiros livros se perdeu. Mas Mafi compensou a grosseria de Adam com o Warner delícia. Com os acontecimentos do anterior, o mundo está pior do que antes, porém Juliette está preparada para enfrentar a luta contra o pai de Warner (e de Adam).

Digamos que o livro é separado em duas partes: Antes do encontro dos sobreviventes e depois do encontro. O livro se passa, basicamente, dentro da base do Setor 45, onde ninguém sabe que Juliette ainda está viva e, depois que encontrar outras pessoas da resistência, é onde a revolução começa.




É incrível ver a personagem abraçar seus poderes e saber como utiliza-los. Como eu falei semana passada (não viu? Clique aqui) a autora muda a forma de escrever e mostrar os sentimentos da personagem; com o passar dos livros, é possível perceber que Juliette deixa grande parte de sua insegurança de lado e se transforma em uma persona muito forte e decidida. Ela FINALMENTE para de mimimi por causa de seus sentimentos e finalmente abraça sua atração por Warner.

Eu gostei muito do final da série e, mesmo que fosse relativamente previsível, o modo como esse final aconteceu me surpreendeu muito, positivamente. Eu já gostava do Warner desde o primeiro livro, então quando a autora mostrou este outro lado dele, eu me apaixonei ainda mais por ele <3 Kenji continua maravilhoso e Adam de torna um ridículo, mas esse livro é tão bom que eu não vou reclamar. Espero que vocês leiam os livros, que se apaixonem pela história igual eu e que consigam perceber toda a crítica realizada pela autora.
Só mais uma coisa: Mafi não merece Palmas, mas o Tocantins todo!

Vou pedir só um favorzinho: se quiserem que eu poste mais resenhas de séries, deixem nos comentários :)
Beijinhos e até semana que vem ;* 
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí? Tudo bem? Deixa aqui a sua opinião sobre o post/blog pra eu sempre trazer coisas legais pra vocês! Me deixa felizinha. Beijos e obrigada pela visita!
Ah, meninos(as) malvadas serão ignorados.


COPYRIGHT © 2016 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
DESIGN E DESENVOLVIMENTO POR Escolhas Criativas