PÁGINA INICIALSOBRE MIMO QUE É?DIÁRIONOTÍCIAS GEEK NA MODAHISTÓRIAS

13 de novembro de 2015

Resenha: O Teorema Katherine

13 de novembro de 2015 ///
Oi pessoal! Tudo bem com vocês? Vou diretinho ao assunto (porque hoje estou mui curta e grossa haha): já li esse livro antes e até já tinha feito resenha em meu antigo blog (apaguei todos os posts do bendito), mas achei bacana fazer de novo aqui (do zero, claro) e dar minha opinião sobre o livro pra vocês. Vai começar a ter resenha no Nada Geek simmmm! Yeeee. Enfim, bora lá que eu mesma disse que não ia enrolar.


Colin é um garoto prodígio azarado e amaldiçoado pela vida a gostar de garotas com o nome Katherine e sempre, sem exceções, ver seus relacionamentos terminarem com ele levando um belo fora (dezenove vezes seguidas). Quando ele cansa desse ciclo vicioso, bota o pé na estrada com seu amigo: apenas eles, as malas e o Rabecão de Satã (apelido carinhoso dado ao carro). Ah, e claro: seu bloquinho de anotações. Nele, Colin procura elaborar um teorema que explique suas frustrações amorosas, podendo prever assim se um futuro relacionamento dará certo ou não. Uma fórmula de relacionamento? Pode-se pensar assim, eu acho. Na fórmula, existem Terminantes e Terminados, ou melhor dizendo, Os Que Chutam, e os Chutados (denominação dada por mim, aqui e agora), dessa forma pode-se prever o destino de duas pessoas mesmo sem elas terem se conhecido! Malucão! Mas no fundo, Colin quer achar sua garota sem passar pelo mesmo processo de sofrência, isso sim.
Que Colin é um gênio ninguém pode negar. Mas sua geniosidade sempre o coloca em situações difíceis nos namoros: ele acaba se tornando tedioso ou "inteligente demais", o que faz com que as Katherines se afastem ou sintam pena dele. 
Pé na estrada (ou rodas, melhor dizendo), vão parar numa cidadezinha localizada no Fim do Mundo, onde todo mundo tem aquela pinta de caipira que ninguém sabe se quer ter ou se quer ficar longe. Lá, a história de Colin vai mudar pra sempre.
Mas claro, o coitado vai sofrer pra não perder o costume.
Aqui, coloco alguns trechos maricas do livro (que amei, por sinal) pra vocês ficarem com vontadezinha de ler. Ah, e minha opinião sobre a obra? A MELHOR! De todos os livros do John que li até agora, esse foi o melhor. Ainda não li Cidades de Papel, mas pretendo. O Teorema Katherine me prendeu do início ao fim e sério, eu o devorei em dois dias. DOIS DIAS! Podia ter durado mais.
Eu simplesmente detesto livros melancólicos, trites, cheios de morte, músicas de fossa e tudo mais (pois sou uma chorona de primeira), mas nesse, João Verde se superou porque até hoje é meu livro amorzinho (depois de Ana e o Beijo Francês, mas essa é outra história...). 


Curtiu? Já leu? Comenta, curte, compartilha aí pra galáxia ler!
Siga-nos no Facebook. Twitter e Instagram. Ah, e no Bloglovin também!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí? Tudo bem? Deixa aqui a sua opinião sobre o post/blog pra eu sempre trazer coisas legais pra vocês! Me deixa felizinha. Beijos e obrigada pela visita!
Ah, meninos(as) malvadas serão ignorados.


COPYRIGHT © 2016 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
DESIGN E DESENVOLVIMENTO POR Escolhas Criativas